Andante,Andante...
"Nenhum  momento  de felicidade  terá  sentido  se  não  for  compartilhado"
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


VALSA DAS ROSAS

Diário de minhas andanças
25 de julho de 2013 às 08:07


À medida em que o tempo vai passando,aumentam esses conhecidos “ruminar” o passado,revirar o baú do tempo" em busca de ocorrências do cotidiano que de alguma forma nos marcaram um dia.
Nem precisa tratar-se de algo tipo assim...Extraordinário ! Breves instantes,quando bem vividos,costumam vir à tona , revestidos de ternas recordações.
Na quase gelada manhã de hoje o pensamento retomou o caminho das não menos geladas manhãs perdidas no longínquo dos anos.
Então...
Uma vez mais, o vozeirão de meu pai despedindo-se à caminho do trabalho (não sem antes deixar um rosário de recomendações,é claro).
Uma janela abrindo-se para o quintal encolhido sob lençóis de gelo,a cozinha com fogão à lenha,crepitar de chamas,café quentinho...

Meus 12 anos idealizando coisas que ,mais tarde,o tempo, êsse malvado, se encarregaria em deletar .
Livros , cadernos, caminho da escola...
A estradinha de chão batido promovendo o agrupamento dos amigos da Vila.
Rádio (Telespark à bateria!) perenemente sintonizado na Farroupilha de Porto Alegre.
A voz daquela moça transbordando em alegria os compartimentos modestos da casa acabrunhada entre as pereiras.
Ela, a  cantora  gaúcha, falava de rosas,de moças,de valsa...
Ela dizia assim:
https://www.youtube.com/watch?v=fiK3oKK6pNE


 
Iratiense THUTO TEIXEIRA
Enviado por Iratiense THUTO TEIXEIRA em 25/07/2017
Alterado em 25/07/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários