Andante,Andante...
"Nenhum  momento  de felicidade  terá  sentido  se  não  for  compartilhado"
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


OUTRA VEZ AGOSTO !

Outra vez,Agosto!
Agosto...
Do morno dos ventos,de céus fumacentos,dos muitos gorjeios,dos muitos zumbidos,dos primeiros junquilhos,do feno dourado e das laranjeiras
assediando com cheiros pelos quintais.
Agosto...
[menino de recados]
Alardeando dias de sol, de calor, de preguiça, de muitas floradas,de sonhos, de amores, de verde esperança...
[Quando setembro vier ! é claro.]
Agosto trazendo em vagas lembranças, a velha sacola, cadernos e livros dum tempo de escola.
A boca guardando  sabores de menta, os olhos miúdos da professora (cheirando à leite de rosas),  mãos desenhando primeiras vogais.
[Tão doces, tão ternas...Não se esquece jamais]
Então feito bobo, em vãs reflexões, viajo no tempo tomando café.
Além da janela me espreita um céu.
Azul de cetim , borrado de leve em pequenos chumaços .
Assim...
Por que é agosto, num  canteiro dormente, afoito um arbusto vestiu-se de branco.

E um sonhador, embriagado de odores, no topo da araucária, lhe diz:
Bem-te-vi!

Bom Agosto!

Joel Gomes  Teixeira
Iratiense THUTO TEIXEIRA
Enviado por Iratiense THUTO TEIXEIRA em 01/08/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários