Andante,Andante...
"Nenhum  momento  de felicidade  terá  sentido  se  não  for  compartilhado"
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

O  título na  verdade  deveria ser:Caminhando e  fotografando.Usei um  trecho  da  canção de  Vandré como uma  espécie de marketing,dado ao poder de atração que  ela  possui.
Este  texto - que  não é uma crônica - dedico ao querido amigo Dartagnan  Ferraz que  sempre  cobra-me postages de minhas  fotos.
Então...



Estamos chegando  a Engenheiro Gutierrez,a nossa querida  "Guti", e a primeira  visão  que  se  tem é o prédio da  UNICENTRO - Universidade Estadual do Cento Oeste.
Foto à distância.
Ela encontra-se a uns  2  Km distante  do local de onde foi clicada.


Agora  adentremos  à Guti,pela bucólica e  poética rua  Costa  Rica (Todas  as  ruas  deste  bairro  têm nomes de países da América Central).Por  aqui  sempre  existem  alguns personagens em  suas andanças.Selecionei dois: O  casal  de  evangélicos,com  quem  frequentemente me  encontro, e  dois cavaleiros,tão anônimos quanto   minha  câmera e eu.



E a  caminhada  prossegue...
Uma curva ao final da  estradinha  e  de repente...
A  casa  de dona  Antonia,mãe  de um grande amigo meu.Penso ser  desnecessário dizer  algo sobre  ela - a  casa -o cachorro preguiçoso que faz  pose para  fotos,a  carroça no final de  tarde  de  domingo,os últimos raios de sol lambendo  as paredes de madeira,enfim...



No mesmo  trecho há sempre a possibilidade  de  cruzar  com  algumas cavalgadas.
Esta  gente  do Sul adora  reunir-se  aos domingos  para  longos passeios a  cavalo,sempre  regados  a bom chimarrão,é claro.



As  visões  que  se  tem  ao longe  são de encher  os  olhos:
Os campos de  azevéns em  suas floradas...



Velhos  casarões  de imigrantes  italianos...



Casebres  perdidos nas soledades dos campos...



Casas antigas  que  ainda resistem ao tempo...



Moinhos  de  cereais...



Lavradores  em  suas lidas  diárias...



Pinheirais...



Celeiros  e  estábulos...



E tantas  outras paisagens neste  universo de beleza que emana  do simples.
Amigo Darta.Este  é só o começo.Prometo cansar-lhe  a  paciência  futuramente.
Grande  abraço!
Iratiense THUTO TEIXEIRA
Enviado por Iratiense THUTO TEIXEIRA em 25/09/2018
Alterado em 25/09/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários